Capela São João Paulo II terá festa em honra ao “Peregrino do Amor”

Neste mês, a Igreja Católica faz memória àquele que foi exemplo de fé e gratidão, mensageiro da paz, o Papa João Paulo II.  Olhando para sua vida, este santo dos nossos dias, podemos aprender a espiritualidade que o fez um dos Papas mais extraordinários de todos os tempos, e que o elevou, rapidamente, à glória dos altares.

São João Paulo II levou  uma vida inteiramente dedicada a Deus, principalmente em seus mais de 25 anos de pontificado. Ele nasceu no dia 18 de Maio de 1920, em Wadowice, na Polônia e  recebeu o nome de KarolWojtyła, pelo batismo.

Sua história

Em outubro de 1942, entrou no seminário de Cracóvia, clandestinamente, por causa da invasão comunista em seu país, e a 1º de novembro de 1946, foi ordenado sacerdote. Em 4 de julho de 1958, o Papa Pio XII nomeou-o Bispo auxiliar de Cracóvia. Tendo em vista sua espiritualidade, marcadamente mariana, Karol escolheu como lema episcopal, a conhecida expressão Totustuus, de São Luís Maria Grignion de Montfort, grande apóstolo da Virgem Maria.

A ordenação episcopal de Wojtyla foi em 28 de setembro do mesmo ano. No dia 13 de janeiro, de 1964, foi eleito Arcebispo de Cracóvia. Em 26 de junho, de 1967, foi feito Cardeal, por Paulo VI. Na tarde de 16 de outubro de 1978, depois de oito escrutínios, foi eleito Papa.  No dia 2 de abril, Sua Santidade, o Papa João Paulo II, faleceu, aos 84 anos de idade. Em 28 de junho, o processo de beatificação de João Paulo II é aberto por seu sucessor, Bento XVI. E no dia 27 de abril de 2014, na Praça São Pedro, Vaticano, João Paulo II é canonizado pelo Papa Francisco.

Os cariocas, em devoção particular, o chamam de “O Santo carioca”, pois em sua última visita ao Brasil, no Rio, em 1997, em um discurso no Riocentro, para 2 milhões de pessoas, ele disse uma frase que ficou gravada na memória e no coração de muita gente: “Se Deus é brasileiro, o Papa é carioca”.

Muitos são os seus devotos, em especial os jovens e a família, para os quais sempre realizou um trabalho com muita dedicação e firmeza. Em  Niterói, no coração da cidade, uma Capela foi construída em sua honra, atrás do terminal João Goulart, no caminho Niemeyer, onde  há celebração da Santa Missa de segunda a sexta-feira.

Para este mês, dedicado ao Santo, a equipe da Nova Catedral, zeladora da Capela, convida a todos os fiéis para a Oração da Novena São João Paulo II, que será veiculada no facebook.com/novacatedralniteroi, do dia 13 ao dia 21 de outubro, e no dia 22, a missa será celebrada às 18h em honra ao Santo.

Por Íngrid Bianchini
Fonte: cancaonova.com
Foto: reprodução

O post Capela São João Paulo II terá festa em honra ao “Peregrino do Amor” apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*