Arquivos do Autor: admin

Em Mariana (MG) atingidos vivenciam etapas de negociação

Categories:

Mais uma reunião da mesa de negociação, intermediada pelo Governo do Estado, foi realizada nessa quarta-feira, 26 de novembro, em Mariana. Durante a conversa o representante da Samarco, José Luiz Santiago, disse que a meta da empresa é fazer a mudança de 25 famílias por semana. Atualmente, a empresa calcula cerca de 300 famílias aguardando para serem transferidas de hotéis e pousadas para casas alugadas pela empresa. As famílias devem viver nessas moradias provisórias até que seja reconstruída uma nova comunidade. O coordenador arquidiocesano de pastoral, padre Geraldo Martins, fez um apelo durante a reunião para que as famílias não passem tanto tempo nos hotéis. “A Arquidiocese entende que quanto mais rápido as famílias saírem dos hotéis melhor. Estamos próximos de uma data muito significativa para todos, o Natal, e o sofrimento dessas famílias seria ainda mais intenso, mas agudo, se tiverem que passar o Natal nesses hotéis. Isso significa que não poderão receber seus famílias e amigos, que não poderão fazer a ceia como tem costume de fazer, não poderão, portanto, celebrar o Natal do seu jeito, da sua fé. Então o nosso apelo a empresa é nessa direção, para que a empresa repense o seu cronograma, para que até o Natal todas as famílias, que assim desejarem, já estejam nas casas provisorias”. Participam dessa mesa de negociação representantes do atingidos, da Arquidiocese de Mariana, do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), a empresa, entidades do poder público e sociedade civil. “Estamos aqui para ajudar” A Arquidiocese de Mariana e Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) se reuniu na terça-feira, 24 de novembro, com os atingidos de Bento Rodrigues e Paracatu para tirar dúvidas e explicar melhor as propostas que estão sendo apresentadas a empresa. Durante a conversa o coordenador arquidiocesano de pastoral, padre Geraldo Martins, reforçou que a Arquidiocese e o MAB só tem o objetivo de ajudar. “Nosso papel é ajudar. Vocês é que tem que falar por vocês”. Durante a conversa, o representante do MAB, Joceli Andrioli, ressaltou a experiência e história do movimento. “O MAB foi uma construção de pessoas atingidas. O movimento foi construído para os atingidos terem voz”. Propostas Uma conversa sobre as pautas de exigência dos moradores das áreas atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão foi realizada na terça-feira, 24 de novembro, no Centro de Convenções de Mariana. O debate contou com a presença de representantes da Samarco e das comissões representativas de Bento Rodrigues, Paracatu, Barra longa e outros lugares afetados. Na oportunidade, a empresa expôs alguns pontos que foram demandados na última reunião com as comissões. Entre esses pontos, a proposta de remuneração mensal no valor de um salário mínimo por grupo familiar mais 20% do salário para cada dependente, o início das instalações de sirenes móveis como estratégia de alerta para as áreas que podem ser atingidas caso outra barragem rompa, cadastro dos profissionais em um banco de dados na busca por empregar esse trabalhadores foram colocados pela empresa. Além disso, a inclusão do valor da cesta básica na remuneração mensal também foi mencionada juntamente com a restruturação de estabelecimentos, como salão de beleza e comércio. O promotor de justiça, Guilherme Meneguim, ressaltou na reunião que os moradores atingidos não são obrigados a aceitar a proposta oferecida pela Samarco. “Eles possuem o direito de entregar a proposta deles e esperar a resposta.  Caso a empresa não aceite a pauta entregue pelos moradores teremos que tomar providências jurídicas no Ministério Público”, completa. Outro encontro foi marcado para próximo sábado, 28 de novembro, às 9h, no espaço Coliseu. Nessa assembleia, as comissões vão ser legitimadas e poderão entregar a pauta de reivindicações dos atingidos para a mineradora. Com informações do MAB

(Read more...)

Leia Mais »

Bem-aventurado Tiago Alberione

Categories:

Fundador da Família Paulina, Tiago Alberione nasceu em 4 de abril de 1884, em São Lourenço de Fossano, norte da Itália, de uma família de camponeses simples e laboriosos. Vinte quatro horas após o nascimento, foi batizado e recebeu o nome de “Tiago”.  Buscando melhores terras para a lavoura, a família Alberione mudou para a […]

(Read more...)

Leia Mais »

No Quênia, Papa pede autêntica preocupação com os pobres

Categories:

“A vossa nação é também uma nação de jovens.” “A juventude é o recurso mais valioso de qualquer nação”: nesses termos, o Papa Francisco quis dirigir suas primeiras palavras à nação queniana, no início de sua primeira viagem ao continente africano. Na visita de cortesia ao presidente do Quênia – na State House de Nairóbi –, no encontro com as autoridades da nação africana e com o corpo diplomático, teve lugar a execução dos hinos, as honras militares com a tradicional execução das 21 salvas de canhão e a apresentação das duas delegações. Antes do discurso, o Santo Padre plantou uma oliveira, na esteira da tradição existente no país – por parte dos alunos – de plantarem árvores para a posteridade. Futuro Após expressar sua expectativa, neste dias, de encontrar muitos jovens e falar com eles a fim de encorajar suas esperanças e aspirações para o futuro, Francisco disse que “proteger os jovens, investir neles e dar-lhes uma mão amiga é o modo melhor para garantir um futuro digno da sabedoria e dos valores espirituais queridos aos seus anciãos, valores que são o coração e a alma de um povo”. Tendo agradecido pela calorosa recepção em sua primeira visita à África, o Papa disse olhar com esperança a sua estada entre eles. Reconhecendo no Quênia uma comunidade com ricas diversidades, que desempenha um papel significativo na região, o Pontífice disse tratar-se de “uma nação jovem e vigorosa.” País abençoado Evidenciando as riquezas do país, Francisco disse que “o Quênia foi abençoado não só com uma beleza imensa nas suas montanhas, rios e lagos, nas suas florestas, savanas e regiões semi-desertas, mas também com a abundância de recursos naturais. “A grave crise do meio ambiente, que o mundo enfrenta, exige uma sensibilidade ainda maior pela relação entre os seres humanos e a natureza. Temos a responsabilidade de transmitir a beleza da natureza, na sua integridade, às gerações futuras e a obrigação de exercer uma justa administração dos dons que recebemos”, disse o Papa. Estes valores estão profundamente arraigados na alma africana. Num mundo que continua mais a explorar do que proteger a nossa casa comum, tais valores devem inspirar os esforços dos governantes para promover modelos responsáveis de desenvolvimento econômico, acrescentou. Dito isso, Francisco evidenciou que há uma ligação clara entre a proteção da natureza e a construção duma ordem social justa e equitativa. “Não pode haver renovação da nossa relação com a natureza, sem uma renovação da própria humanidade”, disse o Santo Padre, citando a Laudato si (118). A busca do bem comum deve ser um objetivo primário na obra de construção duma ordem democrática sã, fortalecendo a coesão e a integração, a tolerância e o respeito pelos outros, disse o Papa, acrescentando: Superação “A experiência demonstra que a violência, os conflitos e o terrorismo se alimentam com o medo, a desconfiança e o desespero que nascem da pobreza e da frustração. Em última análise, a luta contra estes inimigos da paz e da prosperidade deve ser conduzida por homens e mulheres que, destemidamente, acreditam e, honestamente, dão testemunho dos grandes valores espirituais e políticos que inspiraram o nascimento da nação.” Em seu primeiro discurso em terras africanas, o Papa fez, por fim, uma premente exortação: “Peço-vos, de modo particular, que manifesteis uma autêntica preocupação com as necessidades dos pobres, as aspirações dos jovens e uma distribuição justa dos recursos naturais e humanos com que o Criador abençoou o vosso país. Garanto-vos a prossecução dos esforços da comunidade católica, através das suas obras educacionais e caritativas, procurando oferecer a sua contribuição específica nestas áreas.” O Papa Francisco concluiu invocando abundantes bênçãos ao povo queniano. Por Rádio Vaticano

(Read more...)

Leia Mais »