Atualidades

Falecidos do Clero da Arquidiocese desde a celebração de finados de 2016

Quatro membros do Clero, o fundador do Instituto Abel, uma freira e um padre professor do Seminário São José, que atuavam na Arquidiocese de Niterói, partiram para o braço do Pai desde o dia de Finados do ano passado. Recordamos o nome de cada um (a). Você pode relembrar e fazer uma prece por cada um: 11 de dezembro de 2016 – Padre Afonso Martins de Carvalho Padre Afonso Martins de Carvalho, padre emérito da Paróquia São Lourenço, no Fonseca – Niterói. O corpo foi velado no Cemitério do Maruí, no dia 11 de dezembro, as exéquias  celebradas no mesmo local, e em seguida, o corpo foi sepultado. O Padre Afonso celebrou 50 anos de sacerdócio no ano de 2012, durante a celebração de seu jubileu de ouro, quando disse: “A Eucaristia é o grande mistério da vida do sacerdote. Aprendi a ver no corpo e no sangue de Cristo, toda a minha história”. O sacerdote sempre tinha a Eucaristia como o sustento de sua vida sacerdotal. 25 de dezembro de 2016 – Frei Silvino José Fritzen (Irmão Amadeu) Faleceu aos 96 anos, Frei Silvino José Fritzen, o Irmão Amadeu, no dia 25 de dezembro.  Fundador do instituto Abel, foi diretor do Colégio La Salle Abel por mais de cinco décadas. Faleceu na Casa de Saúde Nossa Senhora da Estrela, dos Irmãos Lassalistas. O corpo foi velado na capital gaúcha, e depois trazido para Niterói, onde  foi feito velório na Capela do Instituto Abel, com Missa de Corpo Presente. O Corpo foi sepultado no Cemitério Parque da Colina. Nascido em 1º de novembro de 1920, na cidade de Montenegro, no Rio Grande do Sul, Irmão Amadeu, nos anos 50, participou da fundação do Instituto Abel, em Niterói. Seguiu como diretor da instituição de ensino até 2006, quando deixou o comando do colégio, e assumiu o posto de diretor emérito. Ainda assim, continuou como presença constante na escola. Em 2010, como parte das comemorações dos seus 90 anos, recebeu a maior comenda da Câmara Municipal de Niterói: a Medalha José Clemente Pereira. Em outubro deste ano, o La Salle Abel inaugurou o Centro de Convenções Irmão Amadeu, espaço que leva no nome a homenagem ao importante e marcante diretor do colégio. 28 de março de 2017 – Frei Alberto Beckhäuser Faleceu no dia 28 de março, em Petrópolis. Frei Alberto sofria de câncer no pâncreas, diagnosticado em janeiro de 2017. O corpo foi velado na capela do Instituto Teológico Franciscano, de Petrópolis, e o sepultamento aconteceu após da Missa de Exéquias. O Frei nasceu aos 20 de maio de 1935 (81 anos de idade), na Freguesia de Santa do Coqueiro Baixo, hoje também chamada Santa Teresinha, então, município de Crisciúma, durante um tempo, pertencente ao Município de Nova Veneza e, hoje, Forquilhinha, SC. De 2004 a 2011 foi Professor de Homilética da Escola Diaconal Maria Auxiliadora.  Em 2016, professor  de Homilética e Liturgia no Instituto Filosófico e Teológico do Seminário São José de Niterói. Também foi coordenador de Traduções e Edições de Textos Litúrgicos da CNBB, entre outras funções. 14 de abril de 2017 – Monsenhor Luiz Gonzaga Faleceu no dia 14 de abril, aos 82 anos, de insuficiência respiratória, decorrente de uma pneumonia, o Monsenhor Luiz Gonzaga de Castro Azevedo, que era pároco emérito da Paróquia Sagrados Corações,  em Ponta da Areia – Niterói. Monsenhor Luiz Gonzaga nasceu em Niterói (RJ), no dia 4 de dezembro de 1934. Cursou o primário no Colégio Brasil. Realizou seus estudos religiosos no Seminário Arquidiocesano de São José, na cidade do Rio de Janeiro, no qual ingressou em fevereiro de 1946. Ordenou-se padre em 30 de novembro de 1958. O monsenhor ocupava a cadeira 24 da Academia Niteroiense de Letras. Entre as funções exercidas em sua vida religiosa foi o cerimoniário do Arcebispo de Niterói, chanceler do Arcebispado de Niterói, juiz do Tribunal Pró-sinodal para Causas Matrimoniais, membro do Conselho Presbiteral, vigário episcopal, pró-vigário geral, reitor e diretor espiritual do Seminário, diretor arquidiocesano do ensino religioso. 4 de maio de 2017 – Padre João Antônio Baraniecki Faleceu no dia 4 de maio, o Padre João Antônio Baraniecki,  missionário polonês, que estava no Brasil desde 1982. Com 36 anos de sacerdócio, atuou na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Largo da Batalha, em Niterói por vários anos. O corpo foi velado na Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes – Rio, e após a missa de corpo presente, velado na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, no Largo da Batalha – Niterói. O sepultamento ocorreu no jazigo dos padres palotinos, no cemitério Parque da Colina. 25 de setembro de 2017 – Irmã Luzia Ferreira Machado Faleceu a Irmã Luzia Ferreira Machado (nome civil: Jacira Ferreira Machado), no dia 25 de setembro, que exercia seu ministério na Congregação das Missionárias de Nossa Senhora de Fátima. O  corpo foi velado na Capela Rio Pax, em frente ao Cemitério São Gonçalo. Após a Missa de corpo presente, presidida pelo Arcebispo emérito de Niterói, Dom Frei Alano Maria Pena, seguiu-se o sepultamento. 28 de setembro de 2017 – Padre Luiz Gusmão dos Santos Faleceu o Padre Luiz Gusmão dos Santos, padre emérito da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Patronato, São Gonçalo. Dom José Francisco, Arcebispo de Niterói, enviou uma nota que dizia: “A vida dos justos está nas mãos de Deus e nenhum tormento os atingirá “ Sb 3,1. Com a certeza da Ressurreição em Cristo, comunicamos, com pesar, o falecimento de Pe. Luiz Gusmão. Pe. Luiz fez sua Páscoa nesta noite. O velório acontecerá na matriz da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida do Patronato, amanhã, dia 29, a partir de 8:00. A Celebração Eucarística será às 14:30 e, em seguida, o sepultamento, no Cemitério de São Gonçalo. Agradeçamos a Deus pela vida de Pe. Luiz, doada a Cristo e dedicada aos irmãos, na África, e em nossa Arquidiocese de Niterói. Rezemos para que Deus lhe conceda o descanso eterno e a recompensa do justo. Leia Mais »

Os Bispos falecidos no Brasil desde a celebração de finados do ano passado

Quinze membros do episcopado que atua no Brasil partiram para a eternidade desde o dia de Finados do ano passado. Recordamos o nome de cada um, a notícia dada por algum veículo de comunicação e a respectiva data do falecimento. Você pode relembrar e fazer uma prece pelos pastores falecidos: 6 de novembro de 2016 Dom Redovino Rizzardo, bispo emérito de Dourados (MS) – Notícia do Dourados News: “Morreu na tarde deste domingo (6) em Dourados, o bispo emérito da Diocese local, Dom Redovino Rizzardo. Ele ocupou a função no município entre os anos de 2001 e 2015, quando passou o bastão para Dom Henrique. O comunicado da morte foi feito na página da diocese no Facebook: ‘É com pesar que comunicamos o falecimento de Dom Redovino Rizzardo, Bispo Emérito de nossa diocese. Dom Redovino foi bispo de nossa diocese no período de 2001 a 2015’. Ele estava em tratamento contra um câncer“. 20 de novembro de 2016 Dom Diógenes Silva Matthes, O bispo emérito da Diocese de Franca, (SP): Notícia do GCN.net: “Dom Diógenes Silva morreu na madrugada deste domingo, às 5h, aos 85 anos de idade. Segundo Maria Inês Volpe, da Diocese de Franca, ele teria sofrido um infarto.Dom Diógenes era mineiro, nascido em Serrania. Quando tomou posse da diocese tinha 39 anos e iria completar 14 anos como padre, tendo trabalhado em Ribeirão Preto e Santa Rita do Passa Quatro. Segundo o Anuário da Diocese de Franca, sua nomeação para bispo ocorreu em março de 1971. Como bispo diocesano, Dom Diógenes ficou por 35 anos, até pedir sua renúncia, que foi aceita no dia 29 de novembro de 2006, quando foi sucedido pelo então bispo coadjutor Dom frei Caetano Ferrari, atualmente na Diocese de Bauru“. 8 de dezembro de 2016 Dom Lélis Lara, bispo emérito de Itabira- Coronel Fabriciano (MG) – Notícia no portal da Rádio Vaticano: “Morreu aos 90 anos, nesta quinta-feira, Dom Lelis Lara. O prelado estava internado no hospital metropolitano da Unimed, em Coronel Fabriciano, desde o dia 29 de novembro, para tratar uma pneumonia.  Dom Lara foi ordenado sacerdote, em 1951, e nomeado bispo auxiliar de Itabira-Coronel Fabriciano pelo Papa Paulo VI, em 1976. Em 2003, renunciou ao cargo, de acordo com as normas do Direito Canônico, por questão de idade”.   14 de dezembro de 2016 Cardeal Paulo Evaristo Arns, arcebispo emérito de São Paulo (SP) – Notícia no jornal El País: “Dom Paulo Evaristo Arns morreu nesta quarta-feira, vítima de uma broncopneumonia. O cardeal foi uma das pessoas mais influentes da Igreja Católica e da sociedade brasileiras, conhecido pela contenda de uma vida inteira em defesa dos direitos humanos no país. Dom Evaristo, aos 95 anos completados em setembro, estava internado no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, desde 28 de novembro, e hoje foi declarado pelos médicos que sofreu uma falência múltipla de órgãos“. 1º de fevereiro de 2017 Dom Alberto Bertolleto Cavallin, arcebispo emérito de Londrina (PR) – Notícia do G1: “O arcebispo emérito de Londrina, no norte do Paraná, Dom Albano Bortoletto Cavallin, morreu na tarde desta quarta-feira (1º), aos 86 anos, após passar por uma cirurgia. O falecimento foi confirmado por meio de nota pela arquidiocese da cidade. O velório será realizado a partir das 6h desta quinta-feira (2), na Catedral Metropolitana de Londrina. A cerimônia será aberta ao público e haverá missas a cada duas horas. O sepultamento está previsto para o fim da manhã de sexta-feira (3). Dom Albano esteve à frente da arquidiocese por 15 anos e há dez anos tornou-se arcebispo emérito“. 28 de fevereiro de 2017 Dom Antônio Ribeiro de Oliveira, arcebispo emérito de Goiânia (GO) – Notícia do G1: “O arcebispo emérito de Goiânia, Dom Antônio Ribeiro de Oliveira, de 90 anos, morreu às 15h50 desta terça-feira (28), na capital, segundo informou o padre Rodrigo de Castro Ferreira, reitor do Santuário da Sagrada Família. Segundo o clérigo, Dom Antônio faleceu enquanto estava na casa de parentes, no Setor Goiânia 2, na capital. Conforme o padre Rodrigo, o Corpo de Bombeiros foi chamado para socorrer Dom Antônio, mas ele não resistiu e um médico da corporação constatou o óbito. Conforme a Arquidiocese de Goiânia, ele sofreu um infarto e não resistiu. Também segundo o órgão, ele já havia sofrido um infarto há cerca de uma semana. Dom Antônio foi arcebispo de Goiânia durante 16 anos, renunciando em 2002, quando Dom Washington Cruz assumiu. Ele residia na comunidade da Catedral Metropolitana de Goiânia, onde o corpo dele deve ser velado e enterrado“. 26 de março de 2017 Dom Marcelo Pinto Carvalheira – arcebispo emérito da Paraíba (PB) – Notícia do G1: “Arcebispo emérito da Paraíba, Dom Marcelo Pinto Carvalheira morreu aos 88 anos, no sábado (25), no Recife. Pernambucano, o arcebispo foi um dos colaboradores de dom Helder Câmara durante o regime militar no Brasil. O corpo de dom Carvalheira foi velado na Igreja da Sé, em Olinda, neste domingo (26). De acordo com a Arquidiocese da Paraíba, Dom Marcelo estava com a saúde debilitada, tendo sido diagnosticado anteriormente com pneumonia e também por causa da idade, e morreu indo para um hospital, ainda no carro que o conduzia”. 4 de abril de 2017 Dom Clóvis Frainer – arcebispo emérito de Juiz de Fora (MG) – Notícia do a12.com: “O Arcebispo emérito de Juiz de Fora (MG) Dom Clóvis Frainer faleceu nesta terça-feira, às 14h45, no Hospital da Unimed, em Caxias do Sul, em consequência de complicações pulmonares e falência de vários outros órgãos. Dom Clóvis Frainer será velado na Capela da Casa São Frei Pio, junto ao Convento dos Capuchinhos, em Caxias do Sul (RS). A missa e orações de despedida acontecerão na matriz Imaculada Conceição (Capuchinhos de Caxias do Sul), às 16h desta quarta-feira, 5 de abril, no horário da tradicional Missa da Comunidade. Após, será sepultado no Memorial dos Capuchinhos de Caxias do Sul, junto ao Convento dos Capuchinhos“. 6 de abril de 2017 Dom Newton Holanda Gurgel, bispo emérito do Crato (CE) – Notícia do a12.com: “Faleceu na madrugada desta quinta-feira, 06 de […] Leia Mais »

Dia de finados na Arquidiocese de Niterói

No dia 02 de novembro celebramos a memória de nossos irmãos falecidos. O Papa Francisco, nessa ocasião, no ano de 2016, falou que “Esta tristeza se mistura com a esperança. É o que todos nós sentimos hoje, nesta celebração. A recordação de nossos entes queridos e a esperança”. Quem crê e vive com Cristo ressuscitará para a vida nova.  A liturgia traz esta referência na própria ressurreição de Jesus Cristo. Embora a saudade fique pela morte de alguém, como nos recomenda Santo Agostinho, “Saudade sim, tristeza não”. Dom José Francisco, Arcebispo de Niterói, celebra a Santa Missa das nove horas, no Cemitério Parque da Paz, no Pacheco. Confira os horários das Missas nos cemitérios dos municípios da Arquidiocese de Niterói.  Município de Niterói Vicariato Niterói Cemitério Maruí no Barreto às 7h, 8h, 9h30min, 11h, 13h, 14h30min, 16h e 18h.  Vicariato Oceânico Parque da Colina – Pendotiba: 10h e 16h Cemitério São Lázaro (Itaipu): 9h30min Município de São Gonçalo Vicariato São Gonçalo Cemitérios São Gonçalo: 8h, 10h e 16h São Miguel: 8h, 10h e 16h  Vicariato Alcântara Cemitério Parque da Paz: 9h e 15h Cemitério Pacheco: 10h Cemitério Santa Isabel: 9h Cemitério Parque Nictheroy: 10h Vicariato Oceânico Município de Maricá Cemitério de Maricá: 8h Vicariato Rural Município de Rio Bonito Cemitério Central Rio Bonito: 8h Município de Itaboraí Cemitério São João Batista: 8h Cemitério Parque da Paz: 9h Confira também as Celebrações das Missas no Dia de Finados, no Vicariato Lagos: Cabo Frio Cemitério Santa Isabel: 10h30min Cemitério Jardim dos Eucaliptos: 9h Iguaba Grande  Cemitério São Judas Tadeu: 9h30min Araruama Cemitério do Morro Grande: 08h30min Cemitério São Sebastião: 10h Saquarema Cemitério de Saquarema: 10h30m e às 17h Cemitério Sampaio Corrêa: 8h Búzios Cemitério de Santana: 10h São Pedro da Aldeia Cemitério Paroquial: 8h Cemitério Municipal: 12h Orientações para o dia de Finados baixe aqui. Por Ingrid Biachini Região dos lagos com Informações de Maria Lúcia Menezes Arte: Thiago Maia Leia Mais »

4ª FEIRA da 3ª SEMANA Advento

1ª Leitura – Is 45,6b-8.18.21b-25 Céus, deixai cair orvalho das alturas. Leitura do Livro do Profeta Isaías 45,6b-8.18.21b-256 Eu sou o Senhor, não há outro, 7 eu formei a luz e criei as trevas, crio o bem-estar e as condições de mal-estar: sou o Senhor que faço todas estas coisas. 8 Céus, deixai cair orvalho […] Leia Mais »

4ª FEIRA da 3ª SEMANA Advento

1ª Leitura – Is 45,6b-8.18.21b-25 Céus, deixai cair orvalho das alturas. Leitura do Livro do Profeta Isaías 45,6b-8.18.21b-256 Eu sou o Senhor, não há outro, 7 eu formei a luz e criei as trevas, crio o bem-estar e as condições de mal-estar: sou o Senhor que faço todas estas coisas. 8 Céus, deixai cair orvalho […] Leia Mais »

São João da Cruz

Segundo Mario Sgarbossa e Luigi Giovannini (em “Um Santo para Cada Dia”), Teresa de Jesus chamava-o de seu pequeno Sêneca, brincava amavelmente com a sua baixa estatura, apelidando-o de meio homem, mas não hesitava em considerá-lo o pai de sua alma, afirmando também que não era possível discorrer com ele sobre Deus sem vê-lo em […] Leia Mais »