DOM JOSÉ FRANCISCO – Pandemia e Quaresma

Não deixa de ser interessante que os cuidados com a pandemia atravessem a quaresma. Há muita semelhança entre os cuidados que precisamos ter para nos mover nesse tempo de pandemia e para viver esse tempo da Quaresma.

Primeiramente, ouvir uns aos outros. Conversar, escutar e descobrir o que a outra pessoa está sentindo. Reconectar-se.

Em seguida, praticar empatia: colocar-se no lugar dos vizinhos de quarentena que compartilham o mesmo espaço. Ver as perspectivas deles. Cada um reage de forma diferente às situações.

Num momento de estresse, é melhor fazer uma pausa por um momento e concentrar-se na respiração. Este exercício é simples e ajuda a diminuir o estresse.

Use cinco minutos antes de dormir, concentre-se nas experiências positivas e anote: um filme engraçado, a conversa com um amigo, algo interessante que aprendeu.

Lembre-se sempre que esse isolamento é um momento passageiro que durará algum tempo e você poderá retornar à sua vida normal. Seria bom aproveitar para refletir como podemos usar essa pausa da rotina para crescer.

Muitos estaremos estressados ​​com as incertezas, preocupados com empregos e finanças: um estresse real e sem tamanho. Faça uma lista das despesas e concentre-se no essencial. Quanto você tem e que despesas você pode cortar? Esse é um momento de real aprendizado que não pode ser desperdiçado.

Há coisas que escapam ao nosso controle. O fato de dar-se conta do que você pode modificar é um poderoso motivador: um impulso moral. Aceitar que você não pode influenciar tudo e que tudo nunca será perfeito. Passe algum tempo com os filhos. Relaxe sem se estressar com as notas dos seus filhos, com as aulas de esporte perdidas ou falhas no aprendizado. Use esse tempo para se conectar novamente com eles e permitir que sejam crianças.

O post DOM JOSÉ FRANCISCO – Pandemia e Quaresma apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*