Atualidades

Santo Onésimo

Bispo e mártir, Santo Onésimo teve em sua história São Paulo e também os amigos dele. O que se sabe concretamente sobre Onésimo está testemunhado na carta de São Paulo a Filémon que começa assim: “Paulo, prisioneiro de Jesus Cristo, e seu irmão Timóteo, a Filémon, nosso muito amado colaborador” (Filémon 1,1). Foi nessa missão de São […]

O post Santo Onésimo apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

TERÇA-FEIRA DA 6ª SEMANA DO TEMPO COMUM

(verde – ofício do dia) Sede o rochedo que me abriga, a casa bem defendida que me salva. Sois minha fortaleza e minha rocha; para honra do vosso nome, vós me conduzis e alimentais (Sl 30,3s). Não obstante a maldade humana, Deus encontra um modo para dar continuidade ao seu plano de amor. Compreendamos e […]

O post TERÇA-FEIRA DA 6ª SEMANA DO TEMPO COMUM apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

São Cláudio de La Colombiere – devoto do Sagrado Coração de Jesus

São Cláudio de La Colombiere mergulhou o seu coração na devoção e pôde ajudar Margarida Maria Alacoque Nasceu na França, em 1641. Sua mãe, muito cedo, havia profetizado que seu filho seria um santo religioso. Não que isso o forçou, mas ajudou no seu discernimento. Passado um tempo, ele, pertencente e uma família religiosa, pôde […]

O post São Cláudio de La Colombiere – devoto do Sagrado Coração de Jesus apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

SEGUNDA-FEIRA DA 6ª SEMANA DO TEMPO COMUM

(verde – ofício do dia) Sede o rochedo que me abriga, a casa bem defendida que me salva. Sois minha fortaleza e minha rocha; para honra do vosso nome, vós me conduzis e alimentais (Sl 30,3s). O ser humano foi criado para viver de modo fraterno e harmonioso com seus semelhantes. Celebremos com espírito aberto […]

O post SEGUNDA-FEIRA DA 6ª SEMANA DO TEMPO COMUM apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

São Martiniano – O jovem eremita

São Martiniano foi capaz de converter muitos que o procuravam e ser instrumento de muitos milagres Nasceu no século IV, em Cesareia, na Palestina. Muito jovem, discerniu sua vocação à vida de eremita; retirou-se a um lugar distante para se entregar à vida de sacrifício e de oração pela salvação das pessoas e também pela […]

O post São Martiniano – O jovem eremita apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

SÁBADO DA 5ª SEMANA DO TEMPO COMUM

(verde – ofício do dia) Entrai, inclinai-vos e prostrai-vos: adoremos o Senhor que nos criou, pois ele é o nosso Deus (Sl 94,6s). Pela desobediência, o ser humano estragou o projeto divino original, provocando conflitos e divisões. Jesus realizará a união e a partilha. Celebremos dispostos a seguir o exemplo do Mestre.   Primeira Leitura: […]

O post SÁBADO DA 5ª SEMANA DO TEMPO COMUM apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Padre da Arquidiocese ministra cursos para a família

O Padre Rafael Cerqueira Fornasier, ordenado em 2005, na Arquidiocese de Niterói, irá ministrar uma formação online em oito módulos e um Curso de Especialização em Família. O Sacerdote, que hoje exerce seu ministério na Arquidiocese de Salvador, Bahia, será o responsável pelo curso EAD: Acompanhamento e aconselhamento conjugal e familiar, de 8 módulos, que está sendo oferecido em parceria da EAD Século 21 com o Pontifício Instituto Teológico João Paulo II e com a UCSAL (Universidade Católica do Salvador).  Juntamente com Edwin Casadiego Ortega e José Luis Sepúlveda Ferriz irão conduzir a Especialização em Família, com ênfase em Ciência do Matrimônio e da Família ou em Família – Relações Familiares e Contextos Sociais. Curso EAD Acompanhamento e aconselhamento conjugal e familiar – 8 módulos Segundo o site da EAD Século 21, o objetivo é “oferecer uma formação à distância por meio de vídeo conferência, conjugada à plataforma moodle, para munir aos que desejarem prestar um trabalho voluntário e não profissional de ferramentas necessárias para acompanhamento dos membros de uma mesma família, de casal ou da inteira família, segundo uma antropologia adequada, no que concerne à família hoje, em particular através da criação de centros ou serviços de ajuda à família em nível de dioceses e paróquias da Igreja católica, mas também em outros âmbitos. Tal formação pretende contribuir com a ação pastoral da Igreja católica, embora esteja também aberta a membros de outras religiões, em particular como resposta ao chamado de cuidar das situações familiares”, descreve o site. “O docente responsável pelo curso, Dr. Pe Rafael Cerqueira Fornasier, foi assessor da Comissão para a Vida e a Família da CNBB de 2011 a 2015. Durante este tempo, trabalhando em nível pastoral e acadêmico em todo o Brasil, identificou a necessidade de se criar uma formação que vise ao acompanhamento e ao aconselhamento conjugal e familiar em âmbito da Igreja católica, aberto a todos os que o desejarem, tendo por objetivo a geração, o cuidado e a promoção dos vínculos familiares, para o bem da própria pessoa e de toda a sociedade. Muitas são as pesquisas que indicam que as crises familiares e os divórcios são causa não só de grandes dificuldades relacionais, mas também empobrecimento para as famílias e, por conseguinte, para a própria sociedade. A necessidade desse tipo de formação foi também salientada durante a realização de dois sínodos e um recente documento eclesial sobre o tema da família”, apresenta no site EAD Século 21, o docente do curso. No Facebook, o Padre Rafael Fornasier fez o convite: “Reflita sobre as diversas situações familiares, seus desafios e suas contribuições para o bem-estar de cada pessoa e da sociedade. O curso é composto por oito módulos e abrange as diversas situações familiares e seus desafios nos dias de hoje…”, destacou o Padre doutor Rafael Fornasier. Para informações e inscrição, acesse: https://www.eadseculo21.com.br/acompanhamento-e-aconselhamento-conjugal-e-familiar-m1-a-m8.html. Especialização em Família com ênfase em Ciência do Matrimônio e da Família ou em Família – Relações Familiares e Contextos Sociais Segundo o site da “POS ucsal”, “o Curso de Especialização em Família foi concebido pela seção brasileira do Pontifício Instituto Teológico João Paulo II para Estudos sobre as Ciências do Matrimônio e da Família, em parceria com a Universidade Católica do Salvador-BA, por meio do seu Programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea e do Curso de Teologia. Ele tem um duplo caráter, tanto teológico-pastoral, quanto social-antropológico, mas com uma forte ênfase interdisciplinar, proporcionada pela inclusão de disciplinas das áreas humanas e sociais em sua grade curricular. O curso, que pretende atender interessados de todo o Brasil, será oferecido de forma remota/virtual, através da plataforma Google Meet, dando possibilidade a que todas as pessoas interessadas possam participar”, relata o site da instituição. “O presente curso de especialização tem o respaldo da experiência do Programa de Pós Graduação em Família na Sociedade Contemporânea, também da UCSAL, contando com vários professores de seu corpo docente e idealizado por eles. O curso conta com a parceria do Pontifício Instituto Teológico João Paulo II para as Ciências do Matrimônio e da Família. O diploma do futuro especialista, com ênfase em Ciências do Matrimônio e da Família, será chancelado tanto pela Instituição Superior de Ensino, neste caso a Universidade Católica de Salvador e pelo próprio Pontifício Instituto Teológico João Paulo II, seção brasileira para as Ciências do Matrimônio e da Família”, finaliza a publicação. Os interessados podem acessar: https://novapos.ucsal.br/curso/especializacao-em-familia-com-enfase-em-ciencias-do-matrimonio-e-da-familia-ou-em-familia-relacoes-familiares-e-contextos-sociais/. Por João Dias Artes: divulgação

O post Padre da Arquidiocese ministra cursos para a família apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

“…Que a vida dos irmãos continue sempre com alegria, com esperança, com fé”

“…Que a vida dos irmãos continue sempre com alegria, com esperança, com fé”, diz Dom José Francisco. O Arcebispo de Niterói, Dom José Francisco, presidiu no dia 11 de fevereiro, Dia Mundial dos Enfermos, uma Santa Missa, na Matriz São Gonçalo do Amarante. A Missa, que devido à pandemia teve número reduzido de fiéis, foi transmitida ao vivo, pelas Redes Sociais da Arquidiocese e pela Rádio Anunciadora. Na homilia, Dom José Francisco, utilizando a mensagem do Papa Francisco disse: …O Papa diz que o serviço nunca é ideológico, porque nós não servimos a ideias, mas servimos às pessoas. E ainda, além disso, diz que para uma boa terapia, para um bom tratamento, é preciso esse aspecto relacional, onde queremos ver a situação de toda pessoa que está doente, uma situação integral. E que essa relação com o doente encontre uma fonte inesgotável de motivações, na caridade do próprio Cristo. Porque o Evangelho mostra que, quando Cristo realiza curas, essas curas nunca são os gestos mágicos, mas sempre de um encontro, de uma relação interpessoal, onde o dom de Deus, oferecido por Jesus, espera uma resposta de fé de quem o acolhe. Jesus nunca faz mágica, mas ele espera a fé para também curar as pessoas. E no final, ele vai dizer:  o mandamento do amor que Jesus nos deixou, queridos irmãos e irmãs, encontra uma realização concreta na pessoa dos doentes. Uma sociedade é tanto mais humana, quanto melhor souber usar os seus membros mais frágeis e sofredores, e animada por um amor fraterno. Ele convida a todos nós: busquemos esta meta, busquemos este caminho, procurando que ninguém fique sozinho nem se sinta excluído e abandonado. E no final da mensagem, diz: “Confia à Maria, Mãe da Misericórdia e Saúde dos enfermos, todas as pessoas doentes, os agentes da saúde e quantos se aproximam de todos aqueles que sofrem.  Que Maria, da gruta de Lourdes e dos seus inumeráveis santuários, presentes no mundo, sustente nossa fé e nossa esperança e nos ajude a cuidar uns dos outros, com amor fraterno”. E no final, ele diz: “A todos e a cada um concedo, de coração, a minha bênção”. Reconhecendo então, que o Papa, nos abençoa, nesse serviço que realizamos em favor dos irmãos necessitados, doentes, peçamos a Maria, que sempre nos acompanhe, como esteve nas bodas de Caná, para que nós possamos oferecer, também, as nossas mãos e o nosso coração, para que a vida dos irmãos continue sempre com alegria, com esperança, com fé”, finalizou Dom José Francisco. Ao final da celebração, Dom José Francisco abençoou todos os fiéis presentes e os que estavam acompanhando de casa da “Igreja doméstica”. O Dia Mundial do Enfermo foi instituído em 11 de fevereiro de 1992, pelo Papa João Paulo II, para ser celebrado na Festa de Nossa Senhora de Lourdes. Era seu desejo que fosse “um momento forte de oração, de partilha, de oferta do sofrimento pelo bem da Igreja, e de apelo dirigido a todos, para reconhecerem, na face do irmão enfermo, a Santa Face de Cristo que, sofrendo, morrendo e ressuscitando, operou a salvação da humanidade”. Todos os anos o Papa envia uma Mensagem de fé e esperança aos doentes, aos profissionais e voluntários, que trabalham na área da saúde. Neste ano, o Papa Francisco escreveu uma mensagem, que tem como tema “A relação de confiança, na base do cuidado dos doentes”. Neste ano, a data tem um significado todo especial, pelas pessoas em todo o mundo que estão sofrendo com a pandemia. Por João Dias Foto: reprodução do Facebook

O post “…Que a vida dos irmãos continue sempre com alegria, com esperança, com fé” apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »